De outros

Sanduíche da Semana: Bauru do Ponto Chic


A poucas quadras da Praça da República de São Paulo, fica o Ponto Chic, tradicional restaurante brasileiro cujo cardápio apresenta pelo menos cem opções. Dentre eles, o Ponto Chic é mais conhecido por apenas um: o Bauru. Bauru é uma cidade brasileira da região Centro-Oeste do estado de São Paulo. Mas o sanduíche não leva o nome da região de Bauru, e sim de um aluno dela.

A primeira das três lojas do Ponto Chic foi inaugurada em 1922. Mas seu famoso sanduíche foi inventado em 1934, quando o Ponto Chic era um ponto de encontro de estudantes. Um dia, conta a história, Casemiro Pinto Neto, aluno da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, entrou no restaurante com fome. Ele pediu ao cozinheiro que abrisse um Pão Francês, retire um pouco do pão de dentro e coloque uma camada de queijo derretido, rosbife e duas fatias de tomate. “Este é o verdadeiro Bauru”, Casemiro é citado como tendo dito no site do Ponto Chic:

“Quando eu estava comendo o sanduíche, o Antonio Boccini Jr., que era muito guloso, pegou um pedaço do meu sanduíche e gostou. Aí gritou para o garçom, que era um russo chamado Alex: ‘Quero um Bauru’. A partir daí, quando se referia ao sanduíche, todos diziam, quero um Bauru. "

Tradicionalmente, o sanduíche, que custa R $ 14,90 (cerca de R $ 8,30), tem rosbife, mas também se usa presunto. E embora a mussarela seja frequentemente citada como o queijo, o Ponto Chic costuma usar uma mistura de quatro queijos, que são derretidos em banho-maria antes de serem derramados sobre a carne. Além das fatias de tomate, o Bauru também contém picles.

O pão macio e oco tem uma crosta fina, crocante e descascada, com rosbife úmido por dentro. Ele transborda positivamente com queijo, como se durante as primeiras mordidas, houvesse um suprimento infinito por vir, o ácido dos tomates e os picles adicionando mais suco e um toque azedo. Você não pode visitar São Paulo sem parar para uma.

Ponto Chic, Largo do Paiçandu, 27, São Paulo, Brasil - 11 / 3222-6528


Bauru

Aposto que você nunca ouviu falar desse sanduíche. porque eu nunca fiz até hoje.

A poucos quarteirões da Praça da República de São Paulo e # 8217s, fica Ponto Chic, tradicional restaurante brasileiro com cardápio de pelo menos cem opções. Dentre eles, o Ponto Chic é mais conhecido por apenas um: o Bauru. Bauru é uma cidade brasileira da região Centro-Oeste do estado de São Paulo. Mas o sanduíche não leva o nome da região de Bauru, e sim de um aluno dela.

Mas isso é outra postagem de blog para outro blog.

Tradicionalmente, o sanduíche, que custa cerca de US $ 8,30 na moeda americana, tem rosbife, mas também se usa presunto. E embora a mussarela seja frequentemente citada como o queijo, o Ponto Chic costuma usar uma mistura de quatro queijos, que são derretidos em banho-maria antes de serem derramados sobre a carne. Além das fatias de tomate, o Bauru também contém picles.

Mmmmmmmmmm tente .. Tente fazer isso se você ousar ..

Aproveitar! Alimente-se bem, meus amigos!

O pão macio e oco tem uma crosta fina, crocante e descascada, com rosbife úmido por dentro. Ele transborda positivamente com queijo, como se durante as primeiras mordidas, houvesse um suprimento infinito por vir, o ácido dos tomates e os picles adicionando mais suco e um toque azedo. Você não pode visitar São Paulo sem parar para uma.

Sem comentários:

1. Use um "termômetro de geladeira" para manter os alimentos armazenados a uma temperatura segura (abaixo de 40 graus Fahrenheit).

As baixas temperaturas diminuem o crescimento das bactérias. Garantir que a temperatura de sua geladeira permaneça em 40 graus Fahrenheit ou mais fria é uma das maneiras mais eficazes de reduzir o risco de doenças de origem alimentar. Você pode comprar um termômetro de geladeira / freezer em lojas de eletrodomésticos, home centers (ou seja, Home Depot) e lojas de cozinha, incluindo lojas online, como Cooking.com.

2. Descongele os alimentos na geladeira, no microondas ou em água fria. nunca no balcão!

Alimentos perecíveis nunca devem ser descongelados na bancada por mais de duas horas porque, embora o centro do alimento possa permanecer congelado, a superfície externa pode entrar na Zona de Perigo, faixa de temperatura entre 40 e 140 graus Fahrenheit, na qual as bactérias se multiplicam rapidamente. Se você estiver com pouco tempo, use o micro-ondas ou descongele carnes e aves em embalagens herméticas em água fria. Troque a água a cada meia hora para que fique fria e use o alimento descongelado imediatamente.

3. Sempre use tábuas de corte separadas para carnes / aves / peixes crus e alimentos cozidos / produtos frescos.

Bactérias de carnes, aves e peixes não cozidos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Uma maneira importante de reduzir esse risco é usar tábuas de corte separadas para carne crua / aves / peixes e alimentos cozidos / produtos frescos.

4. Sempre cozinhe a carne em temperaturas adequadas, usando um termômetro de leitura instantânea calibrado para ter certeza.

Uma maneira eficaz de prevenir doenças é usar um termômetro de alimentos para verificar a temperatura interna de pratos de carne, aves e ovos. As temperaturas internas mínimas seguras recomendadas pelo USDA são as seguintes:

* Carne de vaca, vitela e cordeiro (bifes e assados), peixe - 145 graus Fahrenheit

* Carne de porco e carne moída - 160 graus Fahrenheit

* Aves - 165 graus Fahrenheit.

Cozinhe carnes como assados ​​e bifes em temperaturas mais baixas, mais perto de mal passado, para que retenham sua umidade. Recomenda-se que aqueles que estão em alto risco de desenvolver doenças de origem alimentar (ou seja, mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças, adultos mais velhos, pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas) devem seguir as diretrizes do USDA.

5. Evite leite cru / não pasteurizado e queijos feitos de leite não pasteurizado com idade inferior a 60 dias.

Leite cru é o leite de vaca, ovelha ou cabra que não foi pasteurizado (aquecido a uma temperatura muito alta por um determinado período de tempo) para matar bactérias nocivas que possam estar presentes. Essas bactérias, que incluem salmonela, E. coli e listeria, podem causar doenças graves e, às vezes, até a morte. As bactérias do leite cru podem ser especialmente perigosas para mulheres grávidas, crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou doenças crônicas. Queijos de leite cru envelhecidos por 60 dias ou mais são aceitáveis, já que o sal e a acidez do processo de fabricação do queijo criam um ambiente hostil aos patógenos.

6. Nunca coma ovos ou alimentos "escorrendo", como massa de biscoito, que contenham ovos crus.

Mesmo os ovos com casca limpa e intacta podem estar contaminados com salmonela, por isso é importante cozinhá-los bem até que a gema e a clara estejam firmes. Caçarolas e outros pratos que contenham ovos devem ser cozidos a 160 graus Fahrenheit e você pode usar um termômetro de leitura instantânea para verificar. Os ovos devem ser sempre cozidos totalmente e aqueles que apresentam alto risco de desenvolver doenças transmitidas por alimentos (mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças pequenas, adultos mais velhos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas devem seguir as diretrizes do USDA. você não pode resistir a ovos escorrendo ou provar massa de biscoito, use ovos pasteurizados. Eles são encontrados perto de outros ovos em grandes supermercados.

7. Sempre lave as mãos em água morna com sabão por pelo menos 20 segundos antes de manusear os alimentos e depois de tocar em carne crua, aves ou ovos.

Você pode pegar uma grande quantidade de bactérias no mundo, por isso é importante sempre lavar as mãos antes de comer ou preparar comida. Você também deve lavar as mãos depois de tocar em qualquer carne, frango, peixe ou ovos não cozidos, pois as bactérias desses alimentos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Use sabão e água morna e lave bem por pelo menos 20 segundos.

8. Sempre aqueça as sobras de alimentos a 165 graus Fahrenheit.

O USDA recomenda aquecer todas as sobras cozidas a 165 graus Fahrenheit para matar todas as bactérias potencialmente perigosas.

9. Nunca coma carne, aves, ovos ou frutas e vegetais frescos fatiados que tenham sido deixados de fora por mais de duas horas ou mais de uma hora em temperaturas superiores a 90 graus Fahrenheit.

Se você deixar alimentos perecíveis fora da geladeira ou freezer por mais de duas horas, eles podem entrar na Zona de Perigo e nas temperaturas inseguras entre 40 e 140 graus Fahrenheit, nas quais as bactérias se multiplicam rapidamente.

10. Sempre que houver um recall de alimentos, verifique os produtos armazenados em casa para ter certeza de que são seguros.


Bauru

Aposto que você nunca ouviu falar desse sanduíche. porque eu nunca fiz até hoje.

A poucos quarteirões da Praça da República de São Paulo e # 8217s, fica Ponto Chic, tradicional restaurante brasileiro com cardápio de pelo menos cem opções. Dentre eles, o Ponto Chic é mais conhecido por apenas um: o Bauru. Bauru é uma cidade brasileira da região Centro-Oeste do estado de São Paulo. Mas o sanduíche não leva o nome da região de Bauru, e sim de um aluno dela.

Mas isso é outra postagem de blog para outro blog.

Tradicionalmente, o sanduíche, que custa cerca de US $ 8,30 na moeda americana, tem rosbife, mas também se usa presunto. E embora a mussarela seja freqüentemente citada como o queijo, o Ponto Chic costuma usar uma mistura de quatro queijos, que são derretidos em banho-maria antes de serem derramados sobre a carne. Além das fatias de tomate, o Bauru contém picles.

Mmmmmmmmmm tente .. Tente fazer isso se você ousar ..

Aproveitar! Alimente-se bem, meus amigos!

O pão macio e oco tem uma crosta fina, crocante e descascada, com rosbife úmido por dentro. Ele transborda positivamente com queijo, como se durante as primeiras mordidas, houvesse um suprimento infinito por vir, o ácido dos tomates e os picles adicionando mais suco e um toque azedo. Você não pode visitar São Paulo sem parar para uma.

Sem comentários:

1. Use um "termômetro de geladeira" para manter os alimentos armazenados a uma temperatura segura (abaixo de 40 graus Fahrenheit).

As temperaturas frias diminuem o crescimento das bactérias. Garantir que a temperatura de sua geladeira permaneça em 40 graus Fahrenheit ou mais fria é uma das maneiras mais eficazes de reduzir o risco de doenças de origem alimentar. Você pode comprar um termômetro de geladeira / freezer em lojas de eletrodomésticos, home centers (ou seja, Home Depot) e lojas de cozinha, incluindo lojas online, como Cooking.com.

2. Descongele os alimentos na geladeira, no microondas ou em água fria. nunca no balcão!

Alimentos perecíveis nunca devem ser descongelados na bancada por mais de duas horas porque, embora o centro do alimento possa permanecer congelado, a superfície externa pode entrar na Zona de Perigo, faixa de temperatura entre 40 e 140 graus Fahrenheit, na qual as bactérias se multiplicam rapidamente. Se você estiver com pouco tempo, use o micro-ondas ou descongele carnes e aves em embalagens herméticas com água fria. Troque a água a cada meia hora para que fique fria e use o alimento descongelado imediatamente.

3. Sempre use tábuas de corte separadas para carnes / aves / peixes crus e alimentos cozidos / produtos frescos.

Bactérias de carnes, aves e peixes não cozidos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Uma maneira importante de reduzir esse risco é usar tábuas de corte separadas para carne crua / aves / peixes e alimentos cozidos / produtos frescos.

4. Sempre cozinhe a carne em temperaturas adequadas, usando um termômetro de leitura instantânea calibrado para ter certeza.

Uma maneira eficaz de prevenir doenças é usar um termômetro de alimentos para verificar a temperatura interna de pratos de carne, aves e ovos. As temperaturas internas mínimas seguras recomendadas pelo USDA são as seguintes:

* Carne de vaca, vitela e cordeiro (bifes e assados), peixe - 145 graus Fahrenheit

* Carne de porco e carne moída - 160 graus Fahrenheit

* Aves - 165 graus Fahrenheit.

Cozinhe carnes como assados ​​e bifes em temperaturas mais baixas, mais perto de mal passado, para que retenham sua umidade. Recomenda-se que aqueles que estão em alto risco de desenvolver doenças de origem alimentar (ou seja, mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças, adultos mais velhos, pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas) devem seguir as diretrizes do USDA.

5. Evite leite não pasteurizado / cru e queijos feitos de leite não pasteurizado com idade inferior a 60 dias.

Leite cru é o leite de vaca, ovelha ou cabra que não foi pasteurizado (aquecido a uma temperatura muito alta por um determinado período de tempo) para matar bactérias nocivas que possam estar presentes. Essas bactérias, que incluem salmonela, E. coli e listeria, podem causar doenças graves e, às vezes, até a morte. As bactérias do leite cru podem ser especialmente perigosas para mulheres grávidas, crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou doenças crônicas. Queijos de leite cru envelhecidos por 60 dias ou mais são aceitáveis, já que o sal e a acidez do processo de fabricação do queijo criam um ambiente hostil aos patógenos.

6. Nunca coma ovos ou alimentos "escorrendo", como massa de biscoito, que contenham ovos crus.

Mesmo os ovos com casca limpa e intacta podem estar contaminados com salmonela, por isso é importante cozinhá-los bem até que a gema e a clara estejam firmes. Caçarolas e outros pratos que contenham ovos devem ser cozidos a 160 graus Fahrenheit e você pode usar um termômetro de leitura instantânea para verificar. Os ovos devem ser sempre cozidos totalmente e aqueles que apresentam alto risco de desenvolver doenças transmitidas por alimentos (mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças pequenas, adultos mais velhos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas devem seguir as diretrizes do USDA. você não pode resistir a ovos escorrendo ou provar massa de biscoito, use ovos pasteurizados. Eles são encontrados perto de outros ovos em grandes supermercados.

7. Sempre lave as mãos em água morna com sabão por pelo menos 20 segundos antes de manusear os alimentos e depois de tocar em carne crua, aves ou ovos.

Você pode pegar muitas bactérias no mundo, por isso é importante sempre lavar as mãos antes de comer ou preparar comida. Você também deve lavar as mãos depois de tocar em qualquer carne, frango, peixe ou ovos não cozidos, pois as bactérias desses alimentos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Use sabão e água morna e lave bem por pelo menos 20 segundos.

8. Sempre aqueça as sobras de alimentos a 165 graus Fahrenheit.

O USDA recomenda aquecer todas as sobras cozidas a 165 graus Fahrenheit para matar todas as bactérias potencialmente perigosas.

9. Nunca coma carne, aves, ovos ou frutas e vegetais frescos fatiados que foram deixados de fora por mais de duas horas ou mais de uma hora em temperaturas superiores a 90 graus Fahrenheit.

Se você deixar alimentos perecíveis fora da geladeira ou freezer por mais de duas horas, eles podem entrar na Zona de Perigo e nas temperaturas inseguras entre 40 e 140 graus Fahrenheit, nas quais as bactérias se multiplicam rapidamente.

10. Sempre que houver um recall de alimentos, verifique os produtos armazenados em casa para ter certeza de que são seguros.


Bauru

Aposto que você nunca ouviu falar desse sanduíche. porque nunca fiz até hoje.

A poucos quarteirões da Praça da República de São Paulo e # 8217s, fica Ponto Chic, tradicional restaurante brasileiro com cardápio de pelo menos cem opções. Dentre eles, o Ponto Chic é mais conhecido por apenas um: o Bauru. Bauru é uma cidade brasileira da região Centro-Oeste do estado de São Paulo. Mas o sanduíche não leva o nome da região de Bauru, e sim de um aluno dela.

Mas isso é outra postagem de blog para outro blog.

Tradicionalmente, o sanduíche, que custa cerca de US $ 8,30 na moeda americana, tem rosbife, mas também se usa presunto. E embora a mussarela seja frequentemente citada como o queijo, o Ponto Chic costuma usar uma mistura de quatro queijos, que são derretidos em banho-maria antes de serem derramados sobre a carne. Além das fatias de tomate, o Bauru contém picles.

Mmmmmmmmmm tente .. Tente fazer isso se você ousar ..

Aproveitar! Alimente-se bem, meus amigos!

O pão macio e oco tem uma crosta fina, crocante e descascada, com rosbife úmido por dentro. Ele transborda positivamente com queijo, como se durante as primeiras mordidas, houvesse um suprimento infinito por vir, o ácido dos tomates e picles adicionando mais suco e um toque azedo. Você não pode visitar São Paulo sem parar para uma.

Sem comentários:

1. Use um "termômetro de geladeira" para manter os alimentos armazenados a uma temperatura segura (abaixo de 40 graus Fahrenheit).

As temperaturas frias diminuem o crescimento das bactérias. Garantir que a temperatura de sua geladeira permaneça em 40 graus Fahrenheit ou mais fria é uma das maneiras mais eficazes de reduzir o risco de doenças de origem alimentar. Você pode comprar um termômetro de geladeira / freezer em lojas de eletrodomésticos, home centers (ou seja, Home Depot) e lojas de cozinha, incluindo lojas online, como Cooking.com.

2. Descongele os alimentos na geladeira, no microondas ou em água fria. nunca no balcão!

Alimentos perecíveis nunca devem ser descongelados na bancada por mais de duas horas porque, enquanto o centro do alimento pode permanecer congelado, a superfície externa pode entrar na Zona de Perigo, faixa de temperatura entre 40 e 140 graus Fahrenheit, na qual as bactérias se multiplicam rapidamente. Se você estiver com pouco tempo, use o micro-ondas ou descongele carnes e aves em embalagens herméticas com água fria. Troque a água a cada meia hora para que fique fria e use o alimento descongelado imediatamente.

3. Sempre use tábuas de corte separadas para carnes / aves / peixes crus e alimentos cozidos / produtos frescos.

Bactérias de carnes, aves e peixes não cozidos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Uma maneira importante de reduzir esse risco é usar tábuas de corte separadas para carne crua / aves / peixes e alimentos cozidos / produtos frescos.

4. Sempre cozinhe a carne em temperaturas adequadas, usando um termômetro de leitura instantânea calibrado para ter certeza.

Uma maneira eficaz de prevenir doenças é usar um termômetro de alimentos para verificar a temperatura interna de pratos de carne, aves e ovos. As temperaturas internas mínimas seguras recomendadas pelo USDA são as seguintes:

* Carne de vaca, vitela e cordeiro (bifes e assados), peixe - 145 graus Fahrenheit

* Carne de porco e carne moída - 160 graus Fahrenheit

* Aves - 165 graus Fahrenheit.

Cozinhe carnes como assados ​​e bifes em temperaturas mais baixas, mais perto de mal passado, para que retenham sua umidade. Recomenda-se que aqueles que estão em alto risco de desenvolver doenças de origem alimentar (ou seja, mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças, adultos mais velhos, pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas) devem seguir as diretrizes do USDA.

5. Evite leite não pasteurizado / cru e queijos feitos de leite não pasteurizado com idade inferior a 60 dias.

Leite cru é o leite de vaca, ovelha ou cabra que não foi pasteurizado (aquecido a uma temperatura muito alta por um determinado período de tempo) para matar bactérias nocivas que possam estar presentes. Essas bactérias, que incluem salmonela, E. coli e listeria, podem causar doenças graves e, às vezes, até a morte. As bactérias do leite cru podem ser especialmente perigosas para mulheres grávidas, crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou doenças crônicas. Queijos de leite cru envelhecidos por 60 dias ou mais são aceitáveis, já que o sal e a acidez do processo de fabricação do queijo criam um ambiente hostil aos patógenos.

6. Nunca coma ovos ou alimentos "escorrendo", como massa de biscoito, que contenham ovos crus.

Mesmo os ovos com casca limpa e intacta podem estar contaminados com salmonela, por isso é importante cozinhá-los bem até que a gema e a clara estejam firmes. Caçarolas e outros pratos que contenham ovos devem ser cozidos a 160 graus Fahrenheit e você pode usar um termômetro de leitura instantânea para verificar. Os ovos devem ser sempre cozidos totalmente e aqueles que apresentam alto risco de desenvolver doenças transmitidas por alimentos (mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças pequenas, adultos mais velhos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas devem seguir as diretrizes do USDA. você não pode resistir a ovos escorrendo ou provar massa de biscoito, use ovos pasteurizados. Eles são encontrados perto de outros ovos em grandes supermercados.

7. Sempre lave as mãos em água morna com sabão por pelo menos 20 segundos antes de manusear os alimentos e depois de tocar em carne crua, aves ou ovos.

Você pode pegar muitas bactérias no mundo, por isso é importante sempre lavar as mãos antes de comer ou preparar comida. Você também deve lavar as mãos depois de tocar em qualquer carne, frango, peixe ou ovos não cozidos, pois as bactérias desses alimentos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Use sabão e água morna e lave bem por pelo menos 20 segundos.

8. Sempre aqueça as sobras de alimentos a 165 graus Fahrenheit.

O USDA recomenda aquecer todas as sobras cozidas a 165 graus Fahrenheit para matar todas as bactérias potencialmente perigosas.

9. Nunca coma carne, aves, ovos ou frutas e vegetais frescos fatiados que tenham sido deixados de fora por mais de duas horas ou mais de uma hora em temperaturas superiores a 90 graus Fahrenheit.

Se você deixar alimentos perecíveis fora da geladeira ou freezer por mais de duas horas, eles podem entrar na Zona de Perigo e nas temperaturas inseguras entre 40 e 140 graus Fahrenheit, nas quais as bactérias se multiplicam rapidamente.

10. Sempre que houver um recall de alimentos, verifique os produtos armazenados em casa para ter certeza de que são seguros.


Bauru

Aposto que você nunca ouviu falar desse sanduíche. porque eu nunca fiz até hoje.

A poucos quarteirões da Praça da República de São Paulo e # 8217s, fica Ponto Chic, tradicional restaurante brasileiro com cardápio de pelo menos cem opções. Dentre eles, o Ponto Chic é mais conhecido por apenas um: o Bauru. Bauru é uma cidade brasileira da região Centro-Oeste do estado de São Paulo. Mas o sanduíche não leva o nome da região de Bauru, e sim de um aluno dela.

Mas isso é outra postagem de blog para outro blog.

Tradicionalmente, o sanduíche, que custa cerca de US $ 8,30 na moeda americana, tem rosbife, mas também se usa presunto. E embora a mussarela seja frequentemente citada como o queijo, o Ponto Chic costuma usar uma mistura de quatro queijos, que são derretidos em banho-maria antes de serem derramados sobre a carne. Além das fatias de tomate, o Bauru contém picles.

Mmmmmmmmmm tente .. Tente fazer isso se você ousar ..

Aproveitar! Alimente-se bem, meus amigos!

O pão macio e oco tem uma crosta fina, crocante e descascada, com rosbife úmido por dentro. Ele transborda positivamente com queijo, como se durante as primeiras mordidas, houvesse um suprimento infinito por vir, o ácido dos tomates e os picles adicionando mais suco e um toque azedo. Você não pode visitar São Paulo sem parar para uma.

Sem comentários:

1. Use um "termômetro de geladeira" para manter os alimentos armazenados a uma temperatura segura (abaixo de 40 graus Fahrenheit).

As temperaturas frias diminuem o crescimento das bactérias. Garantir que a temperatura de sua geladeira permaneça em 40 graus Fahrenheit ou mais fria é uma das maneiras mais eficazes de reduzir o risco de doenças de origem alimentar. Você pode comprar um termômetro de geladeira / freezer em lojas de eletrodomésticos, home centers (ou seja, Home Depot) e lojas de cozinha, incluindo lojas online, como Cooking.com.

2. Descongele os alimentos na geladeira, no microondas ou em água fria. nunca no balcão!

Alimentos perecíveis nunca devem ser descongelados na bancada por mais de duas horas porque, embora o centro do alimento possa permanecer congelado, a superfície externa pode entrar na Zona de Perigo, faixa de temperatura entre 40 e 140 graus Fahrenheit, na qual as bactérias se multiplicam rapidamente. Se você estiver com pouco tempo, use o micro-ondas ou descongele carnes e aves em embalagens herméticas em água fria. Troque a água a cada meia hora para que fique fria e use o alimento descongelado imediatamente.

3. Sempre use tábuas de corte separadas para carnes / aves / peixes crus e alimentos cozidos / produtos frescos.

Bactérias de carnes, aves e peixes não cozidos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Uma maneira importante de reduzir esse risco é usar tábuas de corte separadas para carne crua / aves / peixes e alimentos cozidos / produtos frescos.

4. Sempre cozinhe a carne em temperaturas adequadas, usando um termômetro de leitura instantânea calibrado para ter certeza.

Uma forma eficaz de prevenir doenças é usar um termômetro de alimentos para verificar a temperatura interna de pratos de carne, aves e ovos. As temperaturas internas mínimas seguras recomendadas pelo USDA são as seguintes:

* Carne de vaca, vitela e cordeiro (bifes e assados), peixe - 145 graus Fahrenheit

* Carne de porco e carne moída - 160 graus Fahrenheit

* Aves - 165 graus Fahrenheit.

Cozinhe carnes como assados ​​e bifes em temperaturas mais baixas, mais perto de mal passado, para que retenham sua umidade. Recomenda-se que aqueles que estão em alto risco de desenvolver doenças de origem alimentar (ou seja, mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças, adultos mais velhos, pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas) devem seguir as diretrizes do USDA.

5. Evite leite não pasteurizado / cru e queijos feitos de leite não pasteurizado com idade inferior a 60 dias.

Leite cru é o leite de vaca, ovelha ou cabra que não foi pasteurizado (aquecido a uma temperatura muito alta por um determinado período de tempo) para matar bactérias nocivas que possam estar presentes. Essas bactérias, que incluem salmonela, E. coli e listeria, podem causar doenças graves e, às vezes, até a morte. As bactérias do leite cru podem ser especialmente perigosas para mulheres grávidas, crianças, idosos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou doenças crônicas. Queijos de leite cru envelhecidos por 60 dias ou mais são aceitáveis, já que o sal e a acidez do processo de fabricação do queijo criam um ambiente hostil aos patógenos.

6. Nunca coma ovos ou alimentos "escorrendo", como massa de biscoito, que contenham ovos crus.

Mesmo os ovos com casca limpa e intacta podem estar contaminados com salmonela, por isso é importante cozinhá-los bem até que a gema e a clara estejam firmes. Caçarolas e outros pratos que contenham ovos devem ser cozidos a 160 graus Fahrenheit e você pode usar um termômetro de leitura instantânea para verificar. Os ovos devem ser sempre cozidos totalmente e aqueles que apresentam alto risco de desenvolver doenças transmitidas por alimentos (mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças pequenas, adultos mais velhos e pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas devem seguir as diretrizes do USDA. você não pode resistir a ovos escorrendo ou provar massa de biscoito, use ovos pasteurizados. Eles são encontrados perto de outros ovos em grandes supermercados.

7. Sempre lave as mãos em água morna com sabão por pelo menos 20 segundos antes de manusear os alimentos e depois de tocar em carne crua, aves ou ovos.

Você pode pegar muitas bactérias no mundo, por isso é importante sempre lavar as mãos antes de comer ou preparar comida. Você também deve lavar as mãos depois de tocar em qualquer carne, frango, peixe ou ovos não cozidos, pois as bactérias desses alimentos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Use sabão e água morna e lave bem por pelo menos 20 segundos.

8. Sempre aqueça as sobras de alimentos a 165 graus Fahrenheit.

O USDA recomenda aquecer todas as sobras cozidas a 165 graus Fahrenheit para matar todas as bactérias potencialmente perigosas.

9. Nunca coma carne, aves, ovos ou frutas e vegetais frescos fatiados que foram deixados de fora por mais de duas horas ou mais de uma hora em temperaturas superiores a 90 graus Fahrenheit.

Se você deixar alimentos perecíveis fora da geladeira ou freezer por mais de duas horas, eles podem entrar na Zona de Perigo e nas temperaturas inseguras entre 40 e 140 graus Fahrenheit, nas quais as bactérias se multiplicam rapidamente.

10. Sempre que houver um recall de alimentos, verifique os produtos armazenados em casa para ter certeza de que são seguros.


Bauru

Aposto que você nunca ouviu falar desse sanduíche. porque eu nunca fiz até hoje.

A poucos quarteirões da Praça da República de São Paulo e # 8217s, fica Ponto Chic, tradicional restaurante brasileiro com cardápio de pelo menos cem opções. Dentre eles, o Ponto Chic é mais conhecido por apenas um: o Bauru. Bauru é uma cidade brasileira da região Centro-Oeste do estado de São Paulo. Mas o sanduíche não leva o nome da região de Bauru, e sim de um aluno dela.

Mas isso é outra postagem de blog para outro blog.

Tradicionalmente, o sanduíche, que custa cerca de US $ 8,30 na moeda americana, tem rosbife, mas também se usa presunto. E embora a mussarela seja frequentemente citada como o queijo, o Ponto Chic costuma usar uma mistura de quatro queijos, que são derretidos em banho-maria antes de serem derramados sobre a carne. Além das fatias de tomate, o Bauru contém picles.

Mmmmmmmmmm tente .. Tente fazer isso se você ousar ..

Aproveitar! Alimente-se bem, meus amigos!

O pão macio e oco tem uma crosta fina, crocante e descascada, com rosbife úmido por dentro. Ele transborda positivamente com queijo, como se durante as primeiras mordidas, houvesse um suprimento infinito por vir, o ácido dos tomates e os picles adicionando mais suco e um toque azedo. Você não pode visitar São Paulo sem parar para uma.

Sem comentários:

1. Use um "termômetro de geladeira" para manter os alimentos armazenados a uma temperatura segura (abaixo de 40 graus Fahrenheit).

As temperaturas frias diminuem o crescimento das bactérias. Garantir que a temperatura de sua geladeira permaneça em 40 graus Fahrenheit ou mais fria é uma das maneiras mais eficazes de reduzir o risco de doenças de origem alimentar. Você pode comprar um termômetro de geladeira / freezer em lojas de eletrodomésticos, home centers (ou seja, Home Depot) e lojas de cozinha, incluindo lojas online, como Cooking.com.

2. Descongele os alimentos na geladeira, no microondas ou em água fria. nunca no balcão!

Alimentos perecíveis nunca devem ser descongelados na bancada por mais de duas horas porque, embora o centro do alimento possa permanecer congelado, a superfície externa pode entrar na Zona de Perigo, faixa de temperatura entre 40 e 140 graus Fahrenheit, na qual as bactérias se multiplicam rapidamente. Se você estiver com pouco tempo, use o micro-ondas ou descongele carnes e aves em embalagens herméticas com água fria. Troque a água a cada meia hora para que fique fria e use o alimento descongelado imediatamente.

3. Sempre use tábuas de corte separadas para carnes / aves / peixes crus e alimentos cozidos / produtos frescos.

Bactérias de carnes, aves e peixes não cozidos podem contaminar alimentos cozidos e produtos frescos. Uma maneira importante de reduzir esse risco é usar tábuas de corte separadas para carne crua / aves / peixes e alimentos cozidos / produtos frescos.

4. Sempre cozinhe a carne em temperaturas adequadas, usando um termômetro de leitura instantânea calibrado para ter certeza.

Uma forma eficaz de prevenir doenças é usar um termômetro de alimentos para verificar a temperatura interna de pratos de carne, aves e ovos. As temperaturas internas mínimas seguras recomendadas pelo USDA são as seguintes:

* Carne de vaca, vitela e cordeiro (bifes e assados), peixe - 145 graus Fahrenheit

* Carne de porco e carne moída - 160 graus Fahrenheit

* Aves - 165 graus Fahrenheit.

Cozinhe carnes como assados ​​e bifes em temperaturas mais baixas, mais perto de mal passado, para que retenham sua umidade. Recomenda-se que aqueles que estão em alto risco de desenvolver doenças de origem alimentar (ou seja, mulheres grávidas e seus bebês em gestação, recém-nascidos, crianças, adultos mais velhos, pessoas com sistema imunológico enfraquecido ou certas doenças crônicas) devem seguir as diretrizes do USDA.

5. Evite leite não pasteurizado / cru e queijos feitos de leite não pasteurizado com idade inferior a 60 dias.

Raw milk is milk from cows, sheep, or goats that has not been pasteurized (heated to a very high temperature for a specific length of time) to kill harmful bacteria that may be present. These bacteria, which include salmonella, E. coli and listeria, can cause serious illness and sometimes even death. The bacteria in raw milk can be especially dangerous to pregnant women, children, the elderly, and people with weakened immune systems or chronic illnesses. Raw milk cheeses aged 60 days or longer are okay, since the salt and acidity of the cheese-making process make for a hostile environment to pathogens.

6. Never eat "runny" eggs or foods, such as cookie dough, that contain raw eggs.

Even eggs that have clean, intact shells may be contaminated with salmonella, so it’s important to cook eggs thoroughly until both the yolk and the white are firm. Casseroles and other dishes containing eggs should be cooked to 160 degrees fahrenheit and you can use an instant-read food thermometer to check. Eggs should always be cooked fully and those who are at high risk for developing foodborne illness (pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, and people with weakened immune systems or certain chronic illnesses should follow the USDA guidelines. If you can’t resist runny eggs or sampling cookie batter, use pasteurized eggs. They’re found near other eggs in large supermarkets.

7. Always wash your hands in warm soapy water for at least 20 seconds before handling food and after touching raw meat, poultry, or eggs.

You can pick up a lot of bacteria out in the world, so it’s important to always wash your hands before you eat or prepare food. You should also wash your hands after touching any uncooked meat, poultry, fish, or eggs, as the bacteria from these foods can contaminate cooked foods and fresh produce. Use soap and warm water and wash thoroughly for at least 20 seconds.

8. Always heat leftover foods to 165 degrees fahrenheit.

The USDA recommends heating all cooked leftovers to 165 degrees fahrenheit in order to kill all potentially dangerous bacteria.

9. Never eat meat, poultry, eggs, or sliced fresh fruits and vegetables that have been left out for more than two hours or more than one hour in temperatures hotter than 90 degrees Fahrenheit.

If you leave perishable foods out of the refrigerator or freezer for more than two hours they may enter the Danger Zone—the unsafe temperatures between 40 and 140 degrees Fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly.

10. Whenever there’s a food recall, check products stored at home to make sure they are safe.


Bauru

I'll bet you never heard of this sandwich. because I never did until today.

A few blocks from São Paulo’s Praça da República, is Ponto Chic, a traditional Brazilian eatery whose menu features at least a hundred options. Among these, Ponto Chic is most famous for just one: the Bauru. Bauru is a Brazilian city in the Midwestern region of the state of São Paulo. But the sandwich isn’t named for the region Bauru, but rather after a student from it.

But that's another blog post for another blog.

Traditionally, the sandwich, which costs about $8.30 in American currency, features roast beef, but ham is also used. And while mozzarella is often cited as the cheese, Ponto Chic is said to actually use a blend of four cheeses, which are melted in a bain-marie before being poured over the meat. Besides tomato slices, the Bauru also contains pickles.

Mmmmmmmmmm try it..Try to make this if you dare..

Aproveitar! Eat well my friends!

The soft, hollowed-out bread has a thin, crispy, flaking crust, with moist roast beef inside. It positively oozes with cheese, as if during the first few bites, there’s an endless supply to come, the acid of the tomatoes and the pickles adding more juice and a tart accent. You can’t visit São Paulo without stopping for one.

No comments:

1. Use a "refrigerator thermometer" to keep your food stored at a safe temperature (below 40 degrees fahrenheit).

Cold temperatures slow the growth of bacteria. Ensuring that your refrigerator temperature stays at 40 degrees Fahrenheit or colder is one of the most effective ways to reduce your risk of food-borne illness. You can buy a refrigerator/freezer thermometer at appliance stories, home centers (i.e. Home Depot), and kitchen stores including online ones, such as Cooking.com.

2. Defrost food in the refrigerator, the microwave, or in cold water. never on the counter!

Perishable foods should never be thawed on the counter for longer than two hours because, while the center of the food may remain frozen, the outer surface may enter the Danger Zone, the range of temperatures between 40 and 140 degrees fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly. If you’re short on time, use the microwave or you can thaw meat and poultry in airtight packaging in cold water. Change the water every half-hour so it stays cold and use the thawed food immediately.

3. Always use separate cutting boards for raw meat/poultry/fish and cooked foods/fresh produce.

Bacteria from uncooked meat, poultry, and fish can contaminate cooked foods and fresh produce. An important way to reduce this risk is to use separate cutting boards for raw meat/poultry/ fish, and cooked foods/fresh produce.

4. Always cook meat to proper temperatures, using a calibrated instant-read thermometer to make sure.

One effective way to prevent illness is to use a food thermometer to check the internal temperature of meat, poultry, and egg dishes. The USDA Recommended Safe Minimum Internal Temperatures are as follows:

* Beef, veal, and lamb (steaks and roasts), fish - 145 degrees fahrenheit

* Pork and ground beef - 160 degrees fahrenheit

* Poultry - 165 degrees fahrenheit.

Cook meats like roasts and steaks to lower temperatures, closer to medium-rare, so that they retain their moisture. It is recommended that those who are at high risk for developing food-borne illness (i.e. pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, people with weakened immune systems, or certain chronic illnesses) should follow the USDA guidelines.

5. Avoid unpasteurized/raw milk and cheeses made from unpasteurized milk that are aged less than 60 days.

Raw milk is milk from cows, sheep, or goats that has not been pasteurized (heated to a very high temperature for a specific length of time) to kill harmful bacteria that may be present. These bacteria, which include salmonella, E. coli and listeria, can cause serious illness and sometimes even death. The bacteria in raw milk can be especially dangerous to pregnant women, children, the elderly, and people with weakened immune systems or chronic illnesses. Raw milk cheeses aged 60 days or longer are okay, since the salt and acidity of the cheese-making process make for a hostile environment to pathogens.

6. Never eat "runny" eggs or foods, such as cookie dough, that contain raw eggs.

Even eggs that have clean, intact shells may be contaminated with salmonella, so it’s important to cook eggs thoroughly until both the yolk and the white are firm. Casseroles and other dishes containing eggs should be cooked to 160 degrees fahrenheit and you can use an instant-read food thermometer to check. Eggs should always be cooked fully and those who are at high risk for developing foodborne illness (pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, and people with weakened immune systems or certain chronic illnesses should follow the USDA guidelines. If you can’t resist runny eggs or sampling cookie batter, use pasteurized eggs. They’re found near other eggs in large supermarkets.

7. Always wash your hands in warm soapy water for at least 20 seconds before handling food and after touching raw meat, poultry, or eggs.

You can pick up a lot of bacteria out in the world, so it’s important to always wash your hands before you eat or prepare food. You should also wash your hands after touching any uncooked meat, poultry, fish, or eggs, as the bacteria from these foods can contaminate cooked foods and fresh produce. Use soap and warm water and wash thoroughly for at least 20 seconds.

8. Always heat leftover foods to 165 degrees fahrenheit.

The USDA recommends heating all cooked leftovers to 165 degrees fahrenheit in order to kill all potentially dangerous bacteria.

9. Never eat meat, poultry, eggs, or sliced fresh fruits and vegetables that have been left out for more than two hours or more than one hour in temperatures hotter than 90 degrees Fahrenheit.

If you leave perishable foods out of the refrigerator or freezer for more than two hours they may enter the Danger Zone—the unsafe temperatures between 40 and 140 degrees Fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly.

10. Whenever there’s a food recall, check products stored at home to make sure they are safe.


Bauru

I'll bet you never heard of this sandwich. because I never did until today.

A few blocks from São Paulo’s Praça da República, is Ponto Chic, a traditional Brazilian eatery whose menu features at least a hundred options. Among these, Ponto Chic is most famous for just one: the Bauru. Bauru is a Brazilian city in the Midwestern region of the state of São Paulo. But the sandwich isn’t named for the region Bauru, but rather after a student from it.

But that's another blog post for another blog.

Traditionally, the sandwich, which costs about $8.30 in American currency, features roast beef, but ham is also used. And while mozzarella is often cited as the cheese, Ponto Chic is said to actually use a blend of four cheeses, which are melted in a bain-marie before being poured over the meat. Besides tomato slices, the Bauru also contains pickles.

Mmmmmmmmmm try it..Try to make this if you dare..

Aproveitar! Eat well my friends!

The soft, hollowed-out bread has a thin, crispy, flaking crust, with moist roast beef inside. It positively oozes with cheese, as if during the first few bites, there’s an endless supply to come, the acid of the tomatoes and the pickles adding more juice and a tart accent. You can’t visit São Paulo without stopping for one.

No comments:

1. Use a "refrigerator thermometer" to keep your food stored at a safe temperature (below 40 degrees fahrenheit).

Cold temperatures slow the growth of bacteria. Ensuring that your refrigerator temperature stays at 40 degrees Fahrenheit or colder is one of the most effective ways to reduce your risk of food-borne illness. You can buy a refrigerator/freezer thermometer at appliance stories, home centers (i.e. Home Depot), and kitchen stores including online ones, such as Cooking.com.

2. Defrost food in the refrigerator, the microwave, or in cold water. never on the counter!

Perishable foods should never be thawed on the counter for longer than two hours because, while the center of the food may remain frozen, the outer surface may enter the Danger Zone, the range of temperatures between 40 and 140 degrees fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly. If you’re short on time, use the microwave or you can thaw meat and poultry in airtight packaging in cold water. Change the water every half-hour so it stays cold and use the thawed food immediately.

3. Always use separate cutting boards for raw meat/poultry/fish and cooked foods/fresh produce.

Bacteria from uncooked meat, poultry, and fish can contaminate cooked foods and fresh produce. An important way to reduce this risk is to use separate cutting boards for raw meat/poultry/ fish, and cooked foods/fresh produce.

4. Always cook meat to proper temperatures, using a calibrated instant-read thermometer to make sure.

One effective way to prevent illness is to use a food thermometer to check the internal temperature of meat, poultry, and egg dishes. The USDA Recommended Safe Minimum Internal Temperatures are as follows:

* Beef, veal, and lamb (steaks and roasts), fish - 145 degrees fahrenheit

* Pork and ground beef - 160 degrees fahrenheit

* Poultry - 165 degrees fahrenheit.

Cook meats like roasts and steaks to lower temperatures, closer to medium-rare, so that they retain their moisture. It is recommended that those who are at high risk for developing food-borne illness (i.e. pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, people with weakened immune systems, or certain chronic illnesses) should follow the USDA guidelines.

5. Avoid unpasteurized/raw milk and cheeses made from unpasteurized milk that are aged less than 60 days.

Raw milk is milk from cows, sheep, or goats that has not been pasteurized (heated to a very high temperature for a specific length of time) to kill harmful bacteria that may be present. These bacteria, which include salmonella, E. coli and listeria, can cause serious illness and sometimes even death. The bacteria in raw milk can be especially dangerous to pregnant women, children, the elderly, and people with weakened immune systems or chronic illnesses. Raw milk cheeses aged 60 days or longer are okay, since the salt and acidity of the cheese-making process make for a hostile environment to pathogens.

6. Never eat "runny" eggs or foods, such as cookie dough, that contain raw eggs.

Even eggs that have clean, intact shells may be contaminated with salmonella, so it’s important to cook eggs thoroughly until both the yolk and the white are firm. Casseroles and other dishes containing eggs should be cooked to 160 degrees fahrenheit and you can use an instant-read food thermometer to check. Eggs should always be cooked fully and those who are at high risk for developing foodborne illness (pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, and people with weakened immune systems or certain chronic illnesses should follow the USDA guidelines. If you can’t resist runny eggs or sampling cookie batter, use pasteurized eggs. They’re found near other eggs in large supermarkets.

7. Always wash your hands in warm soapy water for at least 20 seconds before handling food and after touching raw meat, poultry, or eggs.

You can pick up a lot of bacteria out in the world, so it’s important to always wash your hands before you eat or prepare food. You should also wash your hands after touching any uncooked meat, poultry, fish, or eggs, as the bacteria from these foods can contaminate cooked foods and fresh produce. Use soap and warm water and wash thoroughly for at least 20 seconds.

8. Always heat leftover foods to 165 degrees fahrenheit.

The USDA recommends heating all cooked leftovers to 165 degrees fahrenheit in order to kill all potentially dangerous bacteria.

9. Never eat meat, poultry, eggs, or sliced fresh fruits and vegetables that have been left out for more than two hours or more than one hour in temperatures hotter than 90 degrees Fahrenheit.

If you leave perishable foods out of the refrigerator or freezer for more than two hours they may enter the Danger Zone—the unsafe temperatures between 40 and 140 degrees Fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly.

10. Whenever there’s a food recall, check products stored at home to make sure they are safe.


Bauru

I'll bet you never heard of this sandwich. because I never did until today.

A few blocks from São Paulo’s Praça da República, is Ponto Chic, a traditional Brazilian eatery whose menu features at least a hundred options. Among these, Ponto Chic is most famous for just one: the Bauru. Bauru is a Brazilian city in the Midwestern region of the state of São Paulo. But the sandwich isn’t named for the region Bauru, but rather after a student from it.

But that's another blog post for another blog.

Traditionally, the sandwich, which costs about $8.30 in American currency, features roast beef, but ham is also used. And while mozzarella is often cited as the cheese, Ponto Chic is said to actually use a blend of four cheeses, which are melted in a bain-marie before being poured over the meat. Besides tomato slices, the Bauru also contains pickles.

Mmmmmmmmmm try it..Try to make this if you dare..

Aproveitar! Eat well my friends!

The soft, hollowed-out bread has a thin, crispy, flaking crust, with moist roast beef inside. It positively oozes with cheese, as if during the first few bites, there’s an endless supply to come, the acid of the tomatoes and the pickles adding more juice and a tart accent. You can’t visit São Paulo without stopping for one.

No comments:

1. Use a "refrigerator thermometer" to keep your food stored at a safe temperature (below 40 degrees fahrenheit).

Cold temperatures slow the growth of bacteria. Ensuring that your refrigerator temperature stays at 40 degrees Fahrenheit or colder is one of the most effective ways to reduce your risk of food-borne illness. You can buy a refrigerator/freezer thermometer at appliance stories, home centers (i.e. Home Depot), and kitchen stores including online ones, such as Cooking.com.

2. Defrost food in the refrigerator, the microwave, or in cold water. never on the counter!

Perishable foods should never be thawed on the counter for longer than two hours because, while the center of the food may remain frozen, the outer surface may enter the Danger Zone, the range of temperatures between 40 and 140 degrees fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly. If you’re short on time, use the microwave or you can thaw meat and poultry in airtight packaging in cold water. Change the water every half-hour so it stays cold and use the thawed food immediately.

3. Always use separate cutting boards for raw meat/poultry/fish and cooked foods/fresh produce.

Bacteria from uncooked meat, poultry, and fish can contaminate cooked foods and fresh produce. An important way to reduce this risk is to use separate cutting boards for raw meat/poultry/ fish, and cooked foods/fresh produce.

4. Always cook meat to proper temperatures, using a calibrated instant-read thermometer to make sure.

One effective way to prevent illness is to use a food thermometer to check the internal temperature of meat, poultry, and egg dishes. The USDA Recommended Safe Minimum Internal Temperatures are as follows:

* Beef, veal, and lamb (steaks and roasts), fish - 145 degrees fahrenheit

* Pork and ground beef - 160 degrees fahrenheit

* Poultry - 165 degrees fahrenheit.

Cook meats like roasts and steaks to lower temperatures, closer to medium-rare, so that they retain their moisture. It is recommended that those who are at high risk for developing food-borne illness (i.e. pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, people with weakened immune systems, or certain chronic illnesses) should follow the USDA guidelines.

5. Avoid unpasteurized/raw milk and cheeses made from unpasteurized milk that are aged less than 60 days.

Raw milk is milk from cows, sheep, or goats that has not been pasteurized (heated to a very high temperature for a specific length of time) to kill harmful bacteria that may be present. These bacteria, which include salmonella, E. coli and listeria, can cause serious illness and sometimes even death. The bacteria in raw milk can be especially dangerous to pregnant women, children, the elderly, and people with weakened immune systems or chronic illnesses. Raw milk cheeses aged 60 days or longer are okay, since the salt and acidity of the cheese-making process make for a hostile environment to pathogens.

6. Never eat "runny" eggs or foods, such as cookie dough, that contain raw eggs.

Even eggs that have clean, intact shells may be contaminated with salmonella, so it’s important to cook eggs thoroughly until both the yolk and the white are firm. Casseroles and other dishes containing eggs should be cooked to 160 degrees fahrenheit and you can use an instant-read food thermometer to check. Eggs should always be cooked fully and those who are at high risk for developing foodborne illness (pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, and people with weakened immune systems or certain chronic illnesses should follow the USDA guidelines. If you can’t resist runny eggs or sampling cookie batter, use pasteurized eggs. They’re found near other eggs in large supermarkets.

7. Always wash your hands in warm soapy water for at least 20 seconds before handling food and after touching raw meat, poultry, or eggs.

You can pick up a lot of bacteria out in the world, so it’s important to always wash your hands before you eat or prepare food. You should also wash your hands after touching any uncooked meat, poultry, fish, or eggs, as the bacteria from these foods can contaminate cooked foods and fresh produce. Use soap and warm water and wash thoroughly for at least 20 seconds.

8. Always heat leftover foods to 165 degrees fahrenheit.

The USDA recommends heating all cooked leftovers to 165 degrees fahrenheit in order to kill all potentially dangerous bacteria.

9. Never eat meat, poultry, eggs, or sliced fresh fruits and vegetables that have been left out for more than two hours or more than one hour in temperatures hotter than 90 degrees Fahrenheit.

If you leave perishable foods out of the refrigerator or freezer for more than two hours they may enter the Danger Zone—the unsafe temperatures between 40 and 140 degrees Fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly.

10. Whenever there’s a food recall, check products stored at home to make sure they are safe.


Bauru

I'll bet you never heard of this sandwich. because I never did until today.

A few blocks from São Paulo’s Praça da República, is Ponto Chic, a traditional Brazilian eatery whose menu features at least a hundred options. Among these, Ponto Chic is most famous for just one: the Bauru. Bauru is a Brazilian city in the Midwestern region of the state of São Paulo. But the sandwich isn’t named for the region Bauru, but rather after a student from it.

But that's another blog post for another blog.

Traditionally, the sandwich, which costs about $8.30 in American currency, features roast beef, but ham is also used. And while mozzarella is often cited as the cheese, Ponto Chic is said to actually use a blend of four cheeses, which are melted in a bain-marie before being poured over the meat. Besides tomato slices, the Bauru also contains pickles.

Mmmmmmmmmm try it..Try to make this if you dare..

Aproveitar! Eat well my friends!

The soft, hollowed-out bread has a thin, crispy, flaking crust, with moist roast beef inside. It positively oozes with cheese, as if during the first few bites, there’s an endless supply to come, the acid of the tomatoes and the pickles adding more juice and a tart accent. You can’t visit São Paulo without stopping for one.

No comments:

1. Use a "refrigerator thermometer" to keep your food stored at a safe temperature (below 40 degrees fahrenheit).

Cold temperatures slow the growth of bacteria. Ensuring that your refrigerator temperature stays at 40 degrees Fahrenheit or colder is one of the most effective ways to reduce your risk of food-borne illness. You can buy a refrigerator/freezer thermometer at appliance stories, home centers (i.e. Home Depot), and kitchen stores including online ones, such as Cooking.com.

2. Defrost food in the refrigerator, the microwave, or in cold water. never on the counter!

Perishable foods should never be thawed on the counter for longer than two hours because, while the center of the food may remain frozen, the outer surface may enter the Danger Zone, the range of temperatures between 40 and 140 degrees fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly. If you’re short on time, use the microwave or you can thaw meat and poultry in airtight packaging in cold water. Change the water every half-hour so it stays cold and use the thawed food immediately.

3. Always use separate cutting boards for raw meat/poultry/fish and cooked foods/fresh produce.

Bacteria from uncooked meat, poultry, and fish can contaminate cooked foods and fresh produce. An important way to reduce this risk is to use separate cutting boards for raw meat/poultry/ fish, and cooked foods/fresh produce.

4. Always cook meat to proper temperatures, using a calibrated instant-read thermometer to make sure.

One effective way to prevent illness is to use a food thermometer to check the internal temperature of meat, poultry, and egg dishes. The USDA Recommended Safe Minimum Internal Temperatures are as follows:

* Beef, veal, and lamb (steaks and roasts), fish - 145 degrees fahrenheit

* Pork and ground beef - 160 degrees fahrenheit

* Poultry - 165 degrees fahrenheit.

Cook meats like roasts and steaks to lower temperatures, closer to medium-rare, so that they retain their moisture. It is recommended that those who are at high risk for developing food-borne illness (i.e. pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, people with weakened immune systems, or certain chronic illnesses) should follow the USDA guidelines.

5. Avoid unpasteurized/raw milk and cheeses made from unpasteurized milk that are aged less than 60 days.

Raw milk is milk from cows, sheep, or goats that has not been pasteurized (heated to a very high temperature for a specific length of time) to kill harmful bacteria that may be present. These bacteria, which include salmonella, E. coli and listeria, can cause serious illness and sometimes even death. The bacteria in raw milk can be especially dangerous to pregnant women, children, the elderly, and people with weakened immune systems or chronic illnesses. Raw milk cheeses aged 60 days or longer are okay, since the salt and acidity of the cheese-making process make for a hostile environment to pathogens.

6. Never eat "runny" eggs or foods, such as cookie dough, that contain raw eggs.

Even eggs that have clean, intact shells may be contaminated with salmonella, so it’s important to cook eggs thoroughly until both the yolk and the white are firm. Casseroles and other dishes containing eggs should be cooked to 160 degrees fahrenheit and you can use an instant-read food thermometer to check. Eggs should always be cooked fully and those who are at high risk for developing foodborne illness (pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, and people with weakened immune systems or certain chronic illnesses should follow the USDA guidelines. If you can’t resist runny eggs or sampling cookie batter, use pasteurized eggs. They’re found near other eggs in large supermarkets.

7. Always wash your hands in warm soapy water for at least 20 seconds before handling food and after touching raw meat, poultry, or eggs.

You can pick up a lot of bacteria out in the world, so it’s important to always wash your hands before you eat or prepare food. You should also wash your hands after touching any uncooked meat, poultry, fish, or eggs, as the bacteria from these foods can contaminate cooked foods and fresh produce. Use soap and warm water and wash thoroughly for at least 20 seconds.

8. Always heat leftover foods to 165 degrees fahrenheit.

The USDA recommends heating all cooked leftovers to 165 degrees fahrenheit in order to kill all potentially dangerous bacteria.

9. Never eat meat, poultry, eggs, or sliced fresh fruits and vegetables that have been left out for more than two hours or more than one hour in temperatures hotter than 90 degrees Fahrenheit.

If you leave perishable foods out of the refrigerator or freezer for more than two hours they may enter the Danger Zone—the unsafe temperatures between 40 and 140 degrees Fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly.

10. Whenever there’s a food recall, check products stored at home to make sure they are safe.


Bauru

I'll bet you never heard of this sandwich. because I never did until today.

A few blocks from São Paulo’s Praça da República, is Ponto Chic, a traditional Brazilian eatery whose menu features at least a hundred options. Among these, Ponto Chic is most famous for just one: the Bauru. Bauru is a Brazilian city in the Midwestern region of the state of São Paulo. But the sandwich isn’t named for the region Bauru, but rather after a student from it.

But that's another blog post for another blog.

Traditionally, the sandwich, which costs about $8.30 in American currency, features roast beef, but ham is also used. And while mozzarella is often cited as the cheese, Ponto Chic is said to actually use a blend of four cheeses, which are melted in a bain-marie before being poured over the meat. Besides tomato slices, the Bauru also contains pickles.

Mmmmmmmmmm try it..Try to make this if you dare..

Aproveitar! Eat well my friends!

The soft, hollowed-out bread has a thin, crispy, flaking crust, with moist roast beef inside. It positively oozes with cheese, as if during the first few bites, there’s an endless supply to come, the acid of the tomatoes and the pickles adding more juice and a tart accent. You can’t visit São Paulo without stopping for one.

No comments:

1. Use a "refrigerator thermometer" to keep your food stored at a safe temperature (below 40 degrees fahrenheit).

Cold temperatures slow the growth of bacteria. Ensuring that your refrigerator temperature stays at 40 degrees Fahrenheit or colder is one of the most effective ways to reduce your risk of food-borne illness. You can buy a refrigerator/freezer thermometer at appliance stories, home centers (i.e. Home Depot), and kitchen stores including online ones, such as Cooking.com.

2. Defrost food in the refrigerator, the microwave, or in cold water. never on the counter!

Perishable foods should never be thawed on the counter for longer than two hours because, while the center of the food may remain frozen, the outer surface may enter the Danger Zone, the range of temperatures between 40 and 140 degrees fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly. If you’re short on time, use the microwave or you can thaw meat and poultry in airtight packaging in cold water. Change the water every half-hour so it stays cold and use the thawed food immediately.

3. Always use separate cutting boards for raw meat/poultry/fish and cooked foods/fresh produce.

Bacteria from uncooked meat, poultry, and fish can contaminate cooked foods and fresh produce. An important way to reduce this risk is to use separate cutting boards for raw meat/poultry/ fish, and cooked foods/fresh produce.

4. Always cook meat to proper temperatures, using a calibrated instant-read thermometer to make sure.

One effective way to prevent illness is to use a food thermometer to check the internal temperature of meat, poultry, and egg dishes. The USDA Recommended Safe Minimum Internal Temperatures are as follows:

* Beef, veal, and lamb (steaks and roasts), fish - 145 degrees fahrenheit

* Pork and ground beef - 160 degrees fahrenheit

* Poultry - 165 degrees fahrenheit.

Cook meats like roasts and steaks to lower temperatures, closer to medium-rare, so that they retain their moisture. It is recommended that those who are at high risk for developing food-borne illness (i.e. pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, people with weakened immune systems, or certain chronic illnesses) should follow the USDA guidelines.

5. Avoid unpasteurized/raw milk and cheeses made from unpasteurized milk that are aged less than 60 days.

Raw milk is milk from cows, sheep, or goats that has not been pasteurized (heated to a very high temperature for a specific length of time) to kill harmful bacteria that may be present. These bacteria, which include salmonella, E. coli and listeria, can cause serious illness and sometimes even death. The bacteria in raw milk can be especially dangerous to pregnant women, children, the elderly, and people with weakened immune systems or chronic illnesses. Raw milk cheeses aged 60 days or longer are okay, since the salt and acidity of the cheese-making process make for a hostile environment to pathogens.

6. Never eat "runny" eggs or foods, such as cookie dough, that contain raw eggs.

Even eggs that have clean, intact shells may be contaminated with salmonella, so it’s important to cook eggs thoroughly until both the yolk and the white are firm. Casseroles and other dishes containing eggs should be cooked to 160 degrees fahrenheit and you can use an instant-read food thermometer to check. Eggs should always be cooked fully and those who are at high risk for developing foodborne illness (pregnant women and their unborn babies, newborns, young children, older adults, and people with weakened immune systems or certain chronic illnesses should follow the USDA guidelines. If you can’t resist runny eggs or sampling cookie batter, use pasteurized eggs. They’re found near other eggs in large supermarkets.

7. Always wash your hands in warm soapy water for at least 20 seconds before handling food and after touching raw meat, poultry, or eggs.

You can pick up a lot of bacteria out in the world, so it’s important to always wash your hands before you eat or prepare food. You should also wash your hands after touching any uncooked meat, poultry, fish, or eggs, as the bacteria from these foods can contaminate cooked foods and fresh produce. Use soap and warm water and wash thoroughly for at least 20 seconds.

8. Always heat leftover foods to 165 degrees fahrenheit.

The USDA recommends heating all cooked leftovers to 165 degrees fahrenheit in order to kill all potentially dangerous bacteria.

9. Never eat meat, poultry, eggs, or sliced fresh fruits and vegetables that have been left out for more than two hours or more than one hour in temperatures hotter than 90 degrees Fahrenheit.

If you leave perishable foods out of the refrigerator or freezer for more than two hours they may enter the Danger Zone—the unsafe temperatures between 40 and 140 degrees Fahrenheit, in which bacteria multiply rapidly.

10. Whenever there’s a food recall, check products stored at home to make sure they are safe.


Assista o vídeo: SANDUÍCHE BAURU: PONTO CHIC, PADARIA E RECEITA DO MOHAMAD. Sanduícones. Mohamad Hindi (Outubro 2021).